Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente.
Rebeca Macedo

Ela sai do banho e pede uma toalha. Grita, fica impaciente. De repente eu apareço. Ela faz uma cara de que não entendeu e pergunta “Amor, cadê a toalha?”. Sou eu, respondo. Se seca comigo. Ela ri e diz um anda logo, mas fica muda quando eu tiro a roupa. Horário? Eu tinha, ela tinha, quem tinha? Liga o chuveiro de novo, deixa a água bater no corpo e lá vamos nós provar do gosto de cada um. O atraso a gente justifica, a bronca a gente aceita, mas o amor não pode ficar pra mais tarde. Quer dizer, se ela quiser mais tarde tem de novo. Pra quê toalha, né? Deixa essa água no corpo saber que tudo de agora foi pouco.

Um dia, você irá encontrar alguém que vai fazer seu coração parar por alguns segundos. Alguém que te beije na testa e te abrace quando você menos esperar. Alguém que não irá ter vergonha de andar de mãos dadas com você. Alguém que irá te arrancar sorrisos verdadeiros todas às horas. Alguém que vai rir das suas piadas sem graças. Alguém que irá notar cada gesto seu; cada detalhe do seu corpo não irá passar despercebido a ele. Alguém que estará com você nas horas tristes da vida e não irá te deixar quando todos se forem. Alguém que fale “eu te amo” com sinceridade… Alguém que tenha medo de te perder. Alguém que se desculpe, mesmo sabendo que você está errada. Alguém que deixe o orgulho de lado e vai falar com você quando estiverem brigados. Não procure alguém que te complete, procure alguém que te transborde. Não de amor, mas de felicidade. Esse pessoa irá fazer você sonhar acordada e te dar motivos para viver. Procure alguém que queira caminhar ao seu lado por toda à vida. Mas por fim, um dia você vai amar alguém que irá te arrancar sorrisos, e não lágrimas.

1.090.739 palavras. 3.363 páginas. 199 capítulos. 17 horas e 14 minutos. 8 filmes. 7 livros. 1 história. “Harry Potter”

Primeiramente se ame. Goste do seu corpo, da sua voz e do seu jeitinho. Aceite a mania que você tem de se apegar ou se desapegar. Goste do seu cabelo seja ele ondulado, crespo, liso, enrolado… Fique contente ao se vestir, pois você se veste para si mesmo; para se agradar. Goste do seu falar, seja sua voz fina, grossa, roca, ou de qualquer outra maneira.Goste do seu andar seja ele torto, reto, apressado ou lento. Ame o seu peso, e caso não se contente, se esforce até gostar. Se contente com sua altura. Se contente com você e com o seu eu. Se contente com seus jeitos e manias.Goste do seu sorriso, pode ser tortinho, amareladinho, mas sorrir faz parte da felicidade. Goste da maneira como gesticula ou como pega gírias rapidamente. Goste de sua mania de sentir. Goste da sua maneira de demonstrar ou não o amor. Goste de você. Ame a si mesmo. Ame. Ame mesmo. Se namora, para depois pensar em amar outro alguém.”
— Se namora.

Insista no seu amor próprio.
RebecaMacedo.  (via Dr4afts)

Existem dois tipos de pessoas: as normais e as que andam na rua de abadá.

Carnaval é tipo The Walking Dead, um monte de gente junta, fedendo e querendo comer todo mundo que vê pela frente.

O UNIVERSO precisa de boas vibrações, só isso .

Hormônios FEMININOS não causam irritação; São os hormônios masculinos que ficam falando aquelas merdas lá e elas se irritam…

THEME